Criei esse espaço a fim de divulgar o trabalho que realizo no Ministério Infantil, a minha grande paixão.
Espero que possa ser um canal de comunicação entre diversos educadores cristãos, onde poderemos compartilhar Idéias e sugestões para a realização de um trabalho de qualidade com nossas crianças.
Faço minhas as palavras de Charles Spurgeon: "Que nenhum homem despreze as crianças ou pense que são insignificantes. Eu reivindico o lugar da frente para elas. Elas são o futuro do mundo. O passado já se foi e não podemos alterá-lo. Até mesmo o presente já se foi à medida que o vivemos. Nossa esperança está no futuro; portanto abra espaço para as crianças, abra caminho para os meninos e meninas"

quinta-feira, 27 de março de 2008


Musical de Páscoa Vida com Jesus


Nosso Musical foi uma benção para glória do nosso Deus, tivemos a participação de 120 pessoas entre crianças, professores e músicos.
Todos estão de parabéns pois foi um trabalho feito debaixo da unção do nosso Deus.
Assim que tiver mais fotos eu coloco aqui. Se açlguém tiver interesse posso mandar o material do musical pois não é específico para a pásco , pois fala de Vida com Jesus.

Dinâmica metade certa

Material necessário: Figuras cortadas ao meio( podem ser folhas de revistas)

Procedimento

Distribua entre os participantes pedaços de figuras partida ao meio e peça-lhes para encontrar a outra metade. Procure selecionar figuras cuja identificação não seja fácil demais, de modo que o grupo deva fazer algum esforço para cumprir a atividade. Identifique as duplas, reuna os participantes em circulo.

Compartilhar

Conversem sobre o valor da mutualidade, destacando versículos bíblicos que mostrem como completamos uns aos outros, orem em duplas.

Mais uma do Blog: http://lindasartesefotos.blogspot.com

Dinâmica uma jóia nas costas

Material necessário: Nome de cada componente do grupo escrito num cartão, alfinetes, cartões em branco, canetas.

Procedimento

Prenda nas costas de cada integrante de grupo um cartão com nome de outra pessoa. Cada um deve tentar advinhar o nome que está em suas costas. Para tanto, procurar um a um os demais participantes e pedir que lhe apontem boas qualidades da pessoa cujo nome está nas costas (aspectos de caráter devem ser preferidos a aspectos físicos). Cada pessoa pode fornecer apenas uma informação e esta deve ser registrada no cartão. Assim que tiver terminado de colher informações e descoberto o nome que está em suas costas, a pessoa deve procurar a outra, confirmar se é a pessoa certa e então lhe entregar o cartão onde estão anotadas as informações fornecidas pelos demais.

Compartilhar

Somos jóias preciosas para Deus, "pedras vivas". Com qualidades singulares e de muito valor 1 Pe. 1:7, 2: 4,5.

Encontrei essa dinamica: http://lindasartesefotos.blogspot.com

quarta-feira, 19 de março de 2008



Minha paixão!!!!

Olá! Amados, só para vocês conhecerem um pedacinho do grande grupo de crianças que Deus confiou a mim e ao meu esposo. É o grupo infantil Jóias de Cristo que tem, hoje aproximadamente 150 crianças de 02 à 12 anos.
Eles são a minha paixão e uma promessa de Deus cumprida na minha vida, pois trabalho com crianças dede os 08 anos de idade, por isso me dedico o máximo para fazer um trabalho excelente com este pequeninos que eu tanto amo.
No próximo domingo estaremos apresentando o musical Vida Com Jesus, em comemoração da páscoa, peço a oração de todos para que Deus venha nos abençoar e que através dessa apresentação muitas almas possam se render aos pés do Senhor.
Agradeço o carinho e as orações de todos!
A paz do Senhor!!!!


Lemnbrancinha para o dia das mães


Olhem que lindo esta lembrancinha para o dia das mães, que eu achei num blog só que não me lembro onde, quando descobrir eu digo.

terça-feira, 18 de março de 2008

Sugestão de jogral para a páscoa

Esse jogral pode ser feito com as crianças de 10 à 12 anos

Precisaremos de três atores com mais experiência. Eles serão os coringas da peça, serão como narradores, porém, farão isso em forma de jogral. É indispensável aqui o uso de uma coreografia para os três.
Como figurino, usem vestes longas brancas. Sejam criativos. Dentro da coreografia, os atores entram como se estivessem procurando algo. Correm pelo palco. A música de fundo pode ser de suspense, até que diante do público iniciam o jogral.
Ator 1: O sepulcro está vazio!
Ator 2: A morte e os poderes do mundo venceram.
Ator 3: A frustração é total, aniquiladora.
Ator 1: Todas as nossas certezas e lutas caíram por terra.
Ator 2: Agora, só nos resta a dor, a desesperança, o vazio.
Ator 3: O sepulcro está vazio. Pobre de nós, tudo está perdido!
Os atores criam uma cena (busca, desespero...) e congelam para dar espaço as mulheres que agora entram. Elas estão assustadas e carregam vasos com aromas.
MADALENA: Maria, não acredito que isso possa ter acontecido. Como puderam fazer isso com nosso Senhor.
MARIA: Roubaram seu corpo, mas por que será que fizeram isso com Ele? (chora)
SALOMÉ: Calma Maria, é necessário que avisemos logo os apóstolos e juntos decidiremos o que fazer!
Elas saem e os atores entram em cena.
Ator 1: Mas a agonia dura pouco. Deus manda a resposta.
Ator 2: E o anjo anuncia.
Ator 3: Por que vocês procuram entre os mortos aquele que está vivo?
Ator 1: Ele não está mais aqui. Ressuscitou! Entram as mulheres correndo.
MADALENA: Vamos logo, vamos avisar os discípulos.
SALOMÉ: Sorria Maria, Jesus Ressuscitou! Saem felizes anunciando a grande notícia.
Ator 1: A certeza da Ressurreição traz luz e vida.
Ator 2: Refaz as esperanças, recria o otimismo, anima e dá coragem.
Ator 3: Sim, Cristo ressuscitou!
Ator 1: Proclamam primeiro as mulheres e depois os discípulos.
Ator 2: Cristo ressuscitou!
Ator 3: A vida venceu a morte!
Congelam olhando para o céu. Entram dois discípulos e as mulheres.
MADALENA: Pedro, foi assim mesmo que aconteceu. Foi o anjo de Deus que nos falou.
PEDRO: Que bom, minhas irmãs! Sua ressurreição nos confirma que todas as suas palavras são verdadeiras. (ele abraça o João)
JOÃO: Ah, Pedro. Jesus está conosco, ele não nos abandonou. Aleluia! Aleluia!
PEDRO: João, vamos anunciar aos outros irmãos a grande descoberta.
Os discípulos saem e as mulheres ficam em segundo plano. Os atores entram em cena.
Ator 1: O sepulcro está vazio.
Ator 2: Que alegria e felicidade isso nos traz!
Ator 3: A Ressurreição de Jesus muda todos os conceitos sobre a vida e a morte.
Ator 1: E não só, a ressurreição mudou radicalmente a vida dos seus apóstolos.
Ator 2: E de todos nós, os seus seguidores.
Ator 3: A minha com certeza e, pelo que vejo, a de vocês também!
Congelam de joelhos como se estivessem prestando atenção. As mulheres vêm para o primeiro plano.
SALOMÉ: Nada foi em vão irmãs: o nosso amor e seguimento, os sacrifícios que Ele nos pedia!
MARIA: É verdade, Salomé. Agora, com o sepulcro vazio, tudo que vimos e ouvimos se tornou pura verdade.
MADALENA: Ele é verdadeiramente o Messias esperado. Ele é o filho do Deus vivo! Aleluia!
Madalena abraça as amigas. Entra o personagem Jesus. Se possível, joguem luz sobre Ele. As mulheres o adoram.
JESUS: Não temam, minhas filhas. Vão e digam aos meus irmãos para irem à Galiléia: lá eles me verão.
Jesus sai de cena e logo após também as mulheres.
Em cena os atores.
Ator 1: O sepulcro vazio!
Ator 2: Jesus ressuscitou!
Ator 3: A vida venceu a morte. Sim, aconteceu no terceiro dia!
Ator 1: Mas essa boa nova tem implicações para a nossa vida.
Ator 2: Sim, meus irmãos e irmãs, e é por isso que o Mestre está nos convocando.
Ator 1: Será um encontro extraordinário. Nele, Jesus apresentará para nós uma proposta. Congelam. Entram os discípulos e as mulheres conversando, e logo são interrompidos por Jesus.
JESUS: Meus irmãos e minhas irmãs. A mim foi dado, pelo meu Pai, todo o poder no céu e aqui na terra. Portanto, coragem, preguem a Boa Nova a todas as pessoas, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinando-as a observar todas as coisas que falei. Eu estarei com vocês todos os dias, até ao fim do mundo. Os discípulos, enquanto ele se afasta, ficam adorando Jesus. Trilha missionária. Entram os atores roubando a cena.
Ator 1: Vislumbrados com a fantástica visão de Jesus subindo ao céu.
Ator 2: Os discípulos saíram mais seguros, confiantes e convictos da vitória.
Ator 3: E cada vez mais unidos e concientes do mandato recebido.
Ator 1: Todos eles buscaram a força para viver a Boa Nova e testemunhá-la na sociedade e na história. Os atores, dentro da coreografia, trazem os outros atoresque participaram e terminam a peça, com um convite.
Ator 1: Amigos e amigas, que alegria sabermos que Jesus ficará sempre conosco.
Ator 2: Sim, e se vivermos com ele.
Ator 3: Já somos vitoriosos, nós e todos que fizerem parte do seu povo.
Ator 1: E para celebrarmos com fé e alegria a sua e a nossa Páscoa.
Ator 2: Cantemos juntos... (canção conhecida).
Todos os atores iniciam uma canção que poderá ser acompanhada pela comunidade.

sexta-feira, 14 de março de 2008

Mais lembrancinhas para a páscoa

Olá pessoal Aí estão mais dois lindos modelos de lembrancinhas para a páscoa o molde é o mesmo para as duas.
Essa pode ser cheia de algodão formando um fantoche ou um saquinho para colocar doces.
OBS: O TNT pode ser sustituído por pelúcia.


Essa ovelhinhas foram feitas na latinha de massa de tomate e servem para pote de doces e porta trecos.




quarta-feira, 12 de março de 2008

Algus trabalhinhos

Olá colegas!
Estou postando alguns modelos de trabalhinhos que podem ser usados no culto infantil.

terça-feira, 4 de março de 2008

10 bons motivos para se fazer um planejamento no início do ano

I – Possibilita reflexão sobre o trabalho realizado no ano anterior.
II – Possibilita a integração entre os professores, os que já estavam na escola com os que chegaram, pois sabemos que sempre há alguns professores novos.
III – Possibilita a análise dos dados do processo ensino e aprendizagem dos alunos, em que nível conceitual está, quanto já avançaram no seu desenvolvimento real, potencial e proximal.
IV – Possibilita a discussão coletiva e o conhecimento das ações desenvolvidas pelos diferentes professores, no ano anterior, é necessário que todos da escola discutam os objetivos que pretendem alcançar, permitindo assim o inicio do planejamento anual, que constituirá o ponto de partida que determina, justifica e da sentido à intervenção pedagógica.
V – Possibilita a construção compartilhada do planejamento, de todas as ações desenvolvidas na sala de aula, evitando assim a fragmentação dos objetivos e conteúdos, seja na educação infantil, nos ciclos do ensino fundamental ou no ensino médio.
VI – Possibilita compartilhar, discutir e analisar qual concepção de ensino e aprendizagem os professores trabalham, quais suas experiências, quais as experiências que foram produtivas e não produtivas para os alunos.
VII – Possibilita que a instituição se constitua como unidade educacional e que construa dinamicamente, com consciência um planejamento, no qual estão expressa as teorias e os saberes que sustentam a prática pedagógica dos professores.
VIII – O planejamento dá sentido às ações do dia-a-dia do professor, reduzindo assim o improviso, sua prática tem uma intencionalidade definida a partir dos objetivos que pretende alcançar.
IX – O professor tem a oportunidade de ser autor consciente de seu trabalho, saber por que está fazendo desta e não de outra forma.
X – O planejamento com os objetivos bem definidos a partir das capacidades que se pretende que os alunos desenvolvam, certamente reduzirá as condutas contraditórias com os objetivos educacionais compartilhados e teremos melhores avanços no processo ensino-aprendizagem.
Para fazer um planejamento que atenda tanta diversidade é necessário que o professor faça uma profunda reflexão e mudança de sua prática e mudar é sempre muito difícil, não bastam bons cursos de formação, é muito complexo, Morin diz que “O ser humano tende a afastar tudo o que é complicado”, ele prega que se faça, com urgência, uma modificação nessa forma de pensar e conclui que “Só assim vamos compreender que a simplificação não exprime a unidade e a diversidade presente no todo”.

Perrenoud apresenta no seu livro Dez Competências Para Ensinar, alguns saberes para os professores,

· Trabalhar a partir das representações dos alunos.
· Trabalhar a partir dos erros e dos obstáculos à aprendizagem.
· Conceber e administrar situações-problema ajustadas aos níveis e às possibilidades dos alunos.
· Observar e avaliar os alunos em situações de aprendizagem, de acordo com uma abordagem formativa.
· Fornecer apoio integrado, trabalhar com alunos portadores de grandes dificuldades.
· Suscitar o desejo de aprender, explicitar a relação com o saber, o sentido do trabalho escolar e desenvolver na criança a capacidade de auto-avaliação.
· Desenvolver a cooperação entre os alunos e certas formas simples de ensino mútuo.
Nestes exemplos mostramos que Perrenoud, faz uma abordagem por competências, e que, se bem planejadas e colocadas em prática na sala de aula

segunda-feira, 3 de março de 2008

O Guarda-chuva ambulante

Vocês gostariam de ouvir a história de um guarda-chuva ambulante?É um fato que realmente aconteceu.Um guarda-chuva grandão, ía andando bem depressa pela rua.Parecia possuir pés próprios, era bonito, feito de várias cores brilhantes, enorme ía saltitando pela rua abaixo.Todo mundo ficou curioso à respeito do guarda-chuva estranho.Crianças e adultos iam seguindo atrás, logo descobriram que os pezinhos pertenciam a um menino, ele andava depressa, sem dizer uma palavra, e o grupo segui-o.Finalmente chegaram a um lugar sombriado, debaixo de uma árvore bem grande, o menino colocou o enorme guarda-chuva no chão.- Quem quer ouvir a história do meu guarda-chuva? Perguntou ele, as crianças se aproximaram.Sentem-se então e escutem- o menino mandou, e todos obedeceram apesar do fato de alguns serem maiores do que ele.Apontando para a parte preta ele começou:- Estão vendo esta cor? O preto nos faz pensar na escuridão e no pecado, cada um de nós já fizemos coisas erradas uma vez ou outra.Muitas vezes pecamos numa hora quando ninguém está por perto, ou no escuro, quando ninguém pode nos ver, as coisa feias que praticamos são chamadas de pecados.Todos escutavam com atenção.Vocês estão vendo esta cor dourada?Esta nos faz lembrar o céu, onde tem ruas de ouro, nenhum pecado pode entrar no céu, porque se entrasse estragaria o céu.Não existe pecado lá, por isso nenhum de nós podemos ir para o céu, porque todos nós temos pecado no coração.Mais estão vendo esta cor vermelha? Continuou o menino... esta nos conta que o Senhor Jesus Cristo morreu na cruz e derramou seu precioso sangue para nos perdoar os pecados.O Senhor Jesus é o filho de Deus, ele tomou o castigo que nós merecemos.Quando cremos que ele é mesmo o Filho de Deus e o recebemos como nosso Salvador, ele perdoa todos os nossos pecados, tornando o nosso coração limpo e puro,como a parte branca do meu guarda-chuva, mais é preciso confiar em Jesus. Temos que pedir perdão pelos nossos pecados.Quando fazemos isso,ele vem morar em nosso coração e torna-senosso Salvador. E Jesus faz com que possamos entrar no céuum dia quando deixarmos esta vida.Agora, quantos de vocês sabem que são pecadores? Mas querem ir um dia para o céu ? todas as mãos se levantaram. – Está bem, então diga para Deus que você é um pecador.Logo, silenciosamente as crianças se ajoelharam no chão, cada um falou com Deus ,confessando os seus pecados.Diga-lhe agora que você crê que o Senhor Jesus Cristo morreu em seu lugar e peça que Jesus lhe salve neste instante.Baixinho, as crianças começaram a orar.O menino tirou um Bíblia pequena ( um novo testamento ) do seu bolso, abriu no terceiro capítulo do Evangelho de João e verso dezeseis.- Vou ler um versículo da Palavra de Deus, quando chegar as palavras “ o mundo” você deve substituir pelo seu nome e quando eu falar “ todo aquele” você coloca seu nome ali também, estão entendendo?“ Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito,( Joãozinho )para que todo aquele que nele crê, não pereça mais tenha a vida eterna.( Joãozinho )Cada um leu o versículo, colocando o seu próprio nome.Isto significa que se você de fato crê que Deus lhe ama e que Ele mandou seu filho para morrer em seu lugar, e se você confia em Jesus e o recebeu em seu coração então você acaba de nascer na família de Deus, e todos que pertecem á família de Deus tem a vida eterna. É a palavra de Deus que diz isto, e pode ter certeza: é a verdade.Ele parou um instante, e olhando firmemente para todos.Estão notando que tenho ainda uma outra cor no meu guarda-chuva?Qual a cor que falta?Os ouvintes responderam, todos juntos: “ Verde”.Está certo , não falei nada sobre o verde, pois bem, é o seguinte:depois de termos recebido o Senhor Jesus e termos o perdão dos nossos pecados e estamos prontos para irmos para o céu, Jesus quer que nós cresçamos espiritualmente, que sejamos crentes mais firmes cada dia que passa.O verde nos fala das coisas que crescem, como as árvores, as flores, as gramas..., você só vai se tornar um crente forte, se você ler a Bíblia e orar todo dia, o no domingo é preciso ir para Escola Dominical, não se esqueçam disso.Ele fechou o guarda-chuva.Quero que vocês vão embora agora para contar á mais alguém as coisas que eu lhe contei, voltarei amanhã para ver se vocês poderão repetir para mim tudo o que lhes falei sobre as cores.Todos que puderem me dizer os significados das cores, e explicar como é que a gente se salva, receberá um livrinho com estas mesmas cores, para poder contar a mais alguém. ( o professor pode fazer vários livrinhos para darem aos seus alunos).As crianças não voltaram logo para a brincadeira, em vez disso foram falar daquilo que acabaram de ganhar.E o nosso amuguinho abriu o guarda-chuva novamente e continuou andando pelas ruas, procurando outras pessoas para ouvirem o evangelho.



Nota para o professor: Mais tarde soube alguma coisa sobre este menino, parecia ter apenas dez anos, mais de fato ele tinha doze, ele havia aceitado á Cristo numa classe da Aliança Pró Evangelização das Crianças, e mais tarde completou um cursinho por correspondência que a própria Aliança publica.Ele desejava de todo o seu coraçao, ser um pregador quando crescesse!!!Aliás, ele já éra um missionáriozinho!!!



A AUTORA.

PUBLICAÇÃO APEC ( Aliança Pro-evangelização das crianças )

Idéias de saquinhos de lembrancinha para o culto infantil

Olá amigos, esses saquinhos são uma fofura e tenho certeza que vão fazer o maior sucesso no culto infantil, principalmente se o tema for a criação ou arca de noé. Omaterial não é caro, saquinho de TNT e o bichinho de EVA (emborrachado) é só ter bastante capricho que vai ficar lindo!!!!











Esses modelos eu achei no blog da Jacirinha.