Criei esse espaço a fim de divulgar o trabalho que realizo no Ministério Infantil, a minha grande paixão.
Espero que possa ser um canal de comunicação entre diversos educadores cristãos, onde poderemos compartilhar Idéias e sugestões para a realização de um trabalho de qualidade com nossas crianças.

Venha participar do Acampamento Infantil 2014


Para maiores informações envie um e-mail para: silviadasilvarj@gmail.com
Faço minhas as palavras de Charles Spurgeon: "Que nenhum homem despreze as crianças ou pense que são insignificantes. Eu reivindico o lugar da frente para elas. Elas são o futuro do mundo. O passado já se foi e não podemos alterá-lo. Até mesmo o presente já se foi à medida que o vivemos. Nossa esperança está no futuro; portanto abra espaço para as crianças, abra caminho para os meninos e meninas"

sábado, 12 de janeiro de 2008

Classe Soldadinhos de Cristo (4 à 6 anos)

1º Dia
José é fiel
Base bíblica: Génesis 39:1 a 19 Versículo para memorizar: "Deus estava com José e o
abençoava em tudo que fazia" - Génesis 39:23. Objetivo: mostrar que Deus vê todas as coisas e que devemos ser fiéis a Ele em qualquer lugar ou situação.

APRESENTANDO A LIÇÃO

Introdução
Vocês conhecem algum lugar onde Deus não está? (Espere respostas.) Se vocês pegarem um foguete e forem ao planeta mais distante, será que Deus estará lá? Ou, se vocês pegarem um submarino e descerem lá no fundo do mar, será que Deus estará lá, também?
Vocês podem ter certeza que sim. Deus está em todos os lugares. Ele conhece tudo, pois Ele nos fez, e nada pode fugir do olhar do nosso Deus. Por isso devemos cuidar para que aquilo que fazemos agrade sempre a Deus.
Desenvolvimento
José foi vendido por seus irmãos para ser um escravo. Ele foi levado para longe do seu pai e das pessoas que amava. Ele foi comprado por Potifar, um homem importante que trabalhava para o rei do Egito. Na casa de Potifar, José não estava sozinho. Deus estava com ele e abençoava tudo que José fazia. Potifar percebendo isso, deixou que José cuidasse de tudo o que ele tinha. José era muito bom e fazia tudo direitinho; era honesto e muito fiel a seu patrão. Com o trabalho de José, a riqueza de Potifar foi aumentando e ele comprou mais fazendas. Potifar estava muito feliz. José era um rapaz muito bonito e a esposa de Potifar quis namorá-lo. José amava a Deus e sabia que não é certo namorar alguém que já é casado, além disso respeitava o seu patrão, por isso ele não quis namorar aquela mulher. Ela tentou várias vezes, mas José se manteve fiel.
Certo dia, a mulher o agarrou, mas José saiu correndo, deixando a sua roupa nas mãos dela. (Professor, provavelmente era um tipo de capa).
Ela, para se vingar, quando seu marido chegou, disse que José tentou agarrá-la. Potifar ficou muito bravo e mandou José para a prisão.
Conclusão
José em todo momento e lugar foi fiel a Deus.
Se alguém chamar você para fazer algo errado, não aceite. Se estiver na escola, em casa, ou na casa de um amigo, mostre que você ama a Jesus. Lembre-se que Deus não abandonou José por nenhum momento. Deus amava José e cuidava dele. Deus também nos ama e cuida de nós. E nós devemos ser fiéis a Ele.
2º Dia
O Sonho de Faraó
Base bíblica: Génesis 41 Versículo para memorizar: "Deus estava com José e o abençoava em tudo que fazia" - Génesis 39:23. Objetivo: mostrar que os planos de Deus são perfeitos.
APRESENTANDO A LIÇÃO
Introdução
Você sonha muito? Conte-nos um sonho engraçado que você já teve. Vocês se lembram que o copeiro e o padeiro de Faraó tiveram sonhos estranhos? José explicou o significado dos sonhos. O copeiro voltou para o palácio para trabalhar com o rei e se esqueceu de José. José já estava preso há dois anos.
Desenvolvimento
A Bíblia nos conta uma história muito interessante sobre um sonho do Faraó, rei do Egito. O sonho era esquisito e ele acordou muito preocupado. Então, mandou chamar todos os adivinhadores para que explicassem o sonho. Ninguém do palácio conseguiu dizer a Faraó o significado do seu sonho. Faraó ficou muito bravo, e então o copeiro lembrou-se de José, que explicou seu sonho quando esteve na prisão. Faraó, sabendo desta notícia, ficou muito animado e mandou chamar José. Quando José chegou, Faraó perguntou se ele interpretava os sonhos das pessoas. José respondeu que Deus é quem lhe dava o significado dos sonhos. Após esta conversa, Faraó contou o seu sonho!
Ele disse: "Sonhe/ que estava em pé, perto do rio, e que subiam sete vacas gordas e, logo em seguida, sete vacas magras, que comiam as vacas gordas. Depois disto eu acordei muito preocupado. Logo em seguida dormi, e sonhei novamente com sete espigas cheias e boas, e depois com sete espigas secas e miúdas, que comiam as espigas boas". Por este motivo, disse Faraó, eu o chamei até aqui. Será que você consegue descobrir o que significa isso? José ouviu o que Faraó contou sobre seu sonho, e começou então a dizer o que significava tudo aquilo. Deus estava mostrando a Faraó, através deste sonho, que sua terra iria passar por sete anos de grande fartura, isto é, muita comida, e, em seguida, sete anos de grande miséria. E que Faraó deveria juntar toda comida possível durante os sete anos de fartura para que não faltasse nos sete anos de miséria. Faraó, também, deveria colocar uma pessoa para cuidar de tudo, para que quando chegassem os sete anos de miséria, o Egito estivesse preparado.
Faraó ficou muito feliz ao saber o que significava o seu sonho. E agora, será que ele vai mandar José de volta para a prisão? (Professor, deixe as crianças darem suas opiniões). Não. Ele escolheu José para ser o governador do Egito. Viram, como Deus estava com José? Desde quando foi maltratado por seus irmãos, vendido como escravo, Deus não o abandonou. Deus tinha muitos planos para a vida de José.
Conclusão
A Bíblia diz que as pessoas podem fazer muitos planos, mas, no final, Deus é quem dá a resposta certa. "O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor" (Provérbios 16:1).
Às vezes não entendemos quando o papai ou a mamãe dizem que temos que mudar de casa ou até de cidade. Você fica triste, mas se sua família ama a Jesus Ele vai mostrar o que é melhor para vocês. Os planos de Deus são perfeitos, podemos confiar Nele.

3º Dia
José, o Governador
Base bíblica: Génesis 42
Versículo para memorizar: "De maneira alguma te deixarei" - Hebreus 13:5. Objetivo: mostrar que as coisas que acontecem com os filhos de Deus cooperam para o seu próprio bem.

APRESENTANDO A LIÇÃO

Introdução
Depois que José foi para o Egito, muitas coisas aconteceram com ele. Mas... e seus irmãos? Onde será que eles estavam? Será que José ainda se lembrava deles? Será que eles pensavam que José estava morto? Vamos ver o que aconteceu.
Desenvolvimento
Jacó ainda morava com seus filhos na terra de Canaã. Ele pensava que José estava morto. Podemos imaginar o quanto Jacó sofreu com isso.
Lá em Canaã não havia mais alimento, o povo estava passando fome. Então Jacó reuniu seus filhos e disse que deveriam ir até o Egito comprar mantimentos, porque somente no Egito havia comida. Mas Jacó não permitiu que Benjamim, o filho mais novo, fosse, pois não suportaria se houvesse um acidente com ele. Assim, os filhos de Jacó se prepararam para partir.
Chegando no Egito, foram conversar com o governador, que era o responsável pela venda dos alimentos. Adivinhem quem era o governador? Ele mesmo! José, o irmão deles, a quem venderam aos egípcios, e até pensaram em matar. Eles se curvaram (professor, faça o gesto) perante José, que imediatamente os reconheceu. Mas eles não reconheceram José. Naquele momento, José se lembrou dos sonhos que teve quando ainda era menino. (Professor recorde os sonhos.)
José queria ver se os irmãos haviam se arrependido do mal que lhe fizeram. Ele lhes disse que eram espiões e os ameaçou. Os irmãos, porém, responderam que não eram espiões, e, sim, filhos de um homem já idoso, chamado Jacó; que eram doze irmãos, mas estavam em dez, pois um já havia morrido e o outro havia ficado para fazer companhia ao pai. José permitiu que levassem um pouco de alimento e disse que só levariam todo o alimento que desejavam, se trouxessem o irmão mais novo para provar a sua história. Quando os irmãos voltaram para comprar mais alimentos, José ofereceu um grande almoço, mas ainda não se revelou a seus irmãos.

Conclusão
Se José quisesse se vingar de seus irmãos, esta teria sido uma boa oportunidade, mas ele não fez isso. Ele reconheceu que foi Deus quem permitiu tudo aquilo acontecer, para que um dia pudesse ajudar sua família, o povo de Deus.
Às vezes, na sua vida acontecem coisas que você não entende - você faz um pedido a Deus e parece que Ele demora a responder; seus pais não lhe dão tudo aquilo que você quer (professor, dê outros exemplos). No momento, você pode até ficar triste, mas depois vai perceber que todas as coisas que Deus permite que aconteçam é porque Ele tem um plano especial para a nossa vida.

Um comentário:

Anônimo disse...

BOA NOITO, MINHA IRMÃ!
PAZ DO SENHOR!!!
SOBRE ESTA EBF A IRMÃ PODERIA MIM INFORMAR O NOME DO PROJETO. POIS GOSTEI MUITO DO QUE LIR GOSTARIA DE FAZER NA NOSSA IGREJA
NOME É MAIZA CARLA SAMPAIO
CIDADE JEQUIÉ - BAHIA
maisasampaio@hotmail.comail