Criei esse espaço a fim de divulgar o trabalho que realizo no Ministério Infantil, a minha grande paixão.
Espero que possa ser um canal de comunicação entre diversos educadores cristãos, onde poderemos compartilhar Idéias e sugestões para a realização de um trabalho de qualidade com nossas crianças.

Venha participar do Acampamento Infantil 2014


Para maiores informações envie um e-mail para: silviadasilvarj@gmail.com
Faço minhas as palavras de Charles Spurgeon: "Que nenhum homem despreze as crianças ou pense que são insignificantes. Eu reivindico o lugar da frente para elas. Elas são o futuro do mundo. O passado já se foi e não podemos alterá-lo. Até mesmo o presente já se foi à medida que o vivemos. Nossa esperança está no futuro; portanto abra espaço para as crianças, abra caminho para os meninos e meninas"

sábado, 21 de março de 2009

Poesia de páscoa

Essa poesia pode ser declamada em forma de jogral. Uma sugestão é cantar o hino "Ele escolheu os cravos" do Cd Apenas um toque da Fernanda Brum.

NADA ERA DELE
               Gióia Junior
Disse o poeta um dia,
Fazendo referência ao mestre amado:
"o berço que ele usou na estrebaria
Por acaso era dele?"
-Era emprestado -
...E o manso jumentinho
Em que em Jerusalém chegou montado
E palmas recebeu pelo caminho,
Por acaso era dele?
-Era emprestado -
...E o pão, o suave pão
quefoi por seu amor multiplicado,
Alimentando toda a multidão,
Por acaso era dele?
-Era emprestado -
...E os peixes que comeu
Junto ao lago,
Ficando alimentado,
Esse prato era seu?
-Era emprestado -
...E o famoso barquinho?
Aquele barco em que ficou sentado
Mostrando a multidão qual caminho,
Por acaso era dele?
- Era emprestado -
...E o quarto em que ceou
Ao lado dos discípulos,
Ao lado de judas que o traiu, de Pedro que o negou,
Esse quarto era dele?
- Era emprestado -
...E o túmulo que depois do Calvário
Foi usado e de onde havia de ressuscitar,
Esse túmulo era dele?
- Era emprestado -
Em fim, nada era seu!!!
Mas a coroa que ele usou na cruz,
E a cruz que carregou e onde morreu
Essas eram de fato de Jesus!
Isso disse um poeta certo dia,
Numa hora de busca da verdade,
mas NÃO aceite essa filosofia
Que contraria a própria realidade...
O berço, o jumentinho, e o suave pão,
Os peixes, o barquinho, o quarto e a sepultura
Foram Dele a partir da criação,
"Ele os criou", assim diz a Bíblia
Mas a cruz que Ele usou,
A rude cruz, a cruz negra e mesquinha,
Onde os meus crimes todos expirou,
Essa cruz não era sua...
- Essa cruz era minha!-

2 comentários:

Anônimo disse...

Queridos em Cristo Jesus.
Somente para se fazer justiça, o poema "Nada era Dele" é de autoria do saudoso irmão em Cristo Gióia Júnior. Basta consultar o google.

Pr. Gilson Daniel Machado

Inês Soares disse...

Amei o poema! Sou evangélica, tenho um trabalho social na minha cidade, com 187 crianças e jovens.
Estou preparando o trabalho para evangelizar sobre a Páscoa, e, esse poema é muito interessante. Obrigada e que Deus os abençoe. INÊS SOARES